Rápidas

Harmonia

0 49

Quatro empenhados turcos correndo atrás de Denilson, na semi-final da Copa de 2002. O que isso tem a ver com poker? Aparentemente nada, mas vejamos. Denilson é tricky, astuto, insiste, acha espaço onde não há, muda a dinâmica do jogo. Se jogasse poker poderia aplicar uma overbet no flop só pra confundir. Se vai tomar call ou não, se é lucrativo ou não, parece fazer pouca diferença, a ideia é desnortear e gerar desconfiança. É como mostrar o blefe. Mas, e pra aguentar o tranco depois?

Denilson caçado em campo na Copa 2002

Denilson caçado em campo na Copa 2002

Alguns afirmam que mostrar o blefe nunca é vantajoso, é o tipo de massagem no ego que em contraponto faz metade da mesa ir atrás de você. Ficam querendo sua cabeça, ainda mais quando se joga solto. Deve ter sido a sensação de Denilson quando o quarteto em vermelho se aproximou.

De fato, é uma baita arranhada na imagem, que gera o desafio de lidar não só com a imagem construída, mas também com a imaginada pelo adversário. É possível tirar proveito disso? Sim e não, afinal controlar tantos aspectos parece ser pouco provável, quanto mais controlar a reação dos outros. Contudo parece haver um benefício, de alto risco, mas ainda sim uma vantagem: conduzir o adversário ao erro. Quebrar a harmonia da mesa pensando uma a seu favor.

Harmonia, o equilíbrio entre todas as partes do todo, deve ser não muito tangível no poker, e talvez, só exista alguma pra si, quando se constrói equilíbrio consigo mesmo. Ou seja, jogar apesar da harmonia.

 

Imagem: Vidal Cavalcante/Placar-Uol

About the author / 

Marco Naccarato

Marco Naccarato é designer, escritor, jogador de poker e autor dos livros Floating in Vegas e Floating in Miami, que relatam com humor a dinâmica do small stakes dessas cidades. Tem textos publicados nos sites Aprendendo Poker, Pokerdicas, PokerGirls e Queens of Poker, e é idealizador do site Metapoker, além de organizar o torneio semanal ADT Poker, no bairro da Mooca, em São Paulo

Related Posts

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Preencha o campo abaixo para validar seu comentário * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Arquivos

Comentários