A variância da rotina

Nas altas horas, suando nos flips, o barulho irritante do tempo esgotando, o café já frio, o clique que escapa e dá call, o ferro que insiste em permanecer, o bet no draw, o check no redraw, fold. Cinco minutos para o banheiro, pensando no fold errado, o piranha na canhota que não pára de dar 3-bet, busca no OPR, turn blank, leva dois outs, pára de registrar, lamenta e dá call. Repete a música, deixando em looping, e o teclado recebendo o café frio, puta que o pariu! Pega um pano e folda KK, quatro telas piscando, chega a tempo de dar all in, é lixo mas segura. A manhã já dá as caras, um flush vermelho, aquele pote, aquela hora, puxa, faz tudo de novo, diferente.

Comentários

Publicado por

Marco Naccarato

Marco Naccarato é designer, escritor, jogador de poker e autor dos livros Floating in Vegas e Floating in Miami, que relatam com humor a dinâmica do small stakes dessas cidades. Tem textos publicados nos sites Aprendendo Poker, Pokerdicas, PokerGirls e Queens of Poker, e é idealizador do site Metapoker, além de organizar o torneio semanal ADT Poker, no bairro da Mooca, em São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha o campo abaixo para validar seu comentário * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.